Justiça decreta prisão preventiva de homem que matou irmã a facadas em Dourados

Compartilhe

Crime aconteceu após discussão por motivos familiares

A Justiça de Dourados decretou a prisão preventiva do homem que acusado de matar a própria irmã a facadas no Jardim Novo Horizonte, em Dourados. O crime aconteceu na última sexta-feira (23) após discussão entre os dois, por motivos familiares.

O rapaz já tinha sido preso em flagrante após desferiu uma facada no pescoço de Gisieli de Souza, 28 anos. Ela chegou a ser socorrida e encaminhada para O hospital da Vida, mas faleceu no dia seguinte em decorrência da gravidade do ferimento.

A prisão preventiva foi decretada durante audiência de custódia realizada nessa segunda-feira na Depac (Delegacia de Pronto atendimento Comunitário) de Dourados.

Fonte: Midiamax